Notícias

Homem que estuprou e matou menino de 6 anos pega 39 anos de prisão


Pedro Damião confessou ter arrancado órgão genital d A criança foi convidada pelo criminoso para comprar roupas novas em um shopping na região do Iguatemi, mas foi levada por ele para o imóvel onde os crimes aconteceram. Na época, vizinhos denunciaram o mau cheiro que vinha da casa, onde o corpo foi encontrado, já em estado de decomposição, quatro dias depois do crime. Após ser preso em Itabuna, no Sul do estado, Pedro Damião confessou o crime, cometido quando ele tinha 41 anos. Ele era foragido do estado de São Paulo, onde respondia pelo crime de estupro e assassinato de uma criança. A defesa alegou que o acusado teria um transtorno de personalidade e, portanto, não poderia ser responsabilizado. A tese foi rejeitada pelo júri. O promotor de Justiça Davi Gallo, que defendeu a acusação no júri, ressaltou a importância da condenação. “Foragido da Justiça de São Paulo, onde responde por estupro e assassinato de outra criança, Damião é um pedófilo contumaz. Sua condenação é mais uma vitória na luta contra esse crime covarde”, ressaltou.